Seja bem vindo ao Pergunte Direito! Crie uma nova conta ou faça login

Qual a diferença entre prescrição e decadência?

+4VOTOS
perguntado por de Mariana Pietro Novato (20 pontos)   em 28 de Março de 2013
reclassificada por de Renan Akamine em 28 de Março de 2013

Entre em sua conta ou cadastre-se para responder a esta pergunta.

5 Respostas

+6VOTOS

No intuito de complementar a correta resposta do colega, traz-se à baila o entendimento do professor Fredie Didier Jr. acerca do tema:

“A decadência é a perda do direito potestativo, em razão do seu não exercício dentro do prazo legal ou convencional.” Decorre, portanto, da inércia de seu titular, em razão de ato-fato caducificante.

“Já a prescrição é o encobrimento (ou extinção, na letra do art. 189 do CC) da eficácia de determinada pretensão (perda do poder de efetivar o direito a uma prestação), por não ter sido exercitada no prazo legal. Apesar de decorrer de uma inércia do titular do direito – também ato-fato lícito caducificante -, não conduz à perda de direitos, faculdades ou poderes (materiais ou processuais), como a preclusão e a decadência, mas, sim, ao encobrimento de sua eficácia, à neutralização da pretensão – obstando que o credor obtenha a satisfação da pretensão almejada.”

Demais disso, prescrição e decadência se aproximam visto que são institutos de direito substantivo/material, enquanto preclusão é instituto de direito processual.

Assevera ainda o citado professor, agora no que atina à aproximação dos dois conceitos: “A prescrição e a decadência ocorrem extraprocessualmente – malgrado sejam ambas reconhecidas, no mais das vezes, dentro de um processo e, suas finalidades projetam-se, também fora do processo: visam à paz e à harmonia sociais, bem como a segurança das relações jurídicas.”

Bibliografia: DIDIER JR., Fredie. "Curso de Direito Processual Civil. Vol. 1. Teoria Geral do Processo e Processo de Conhecimento." 12ª ed. Salvador: Editora JUS PODIVM, 2010.

respondido por de Pedro Henrique Nível 7 (1,723 pontos)   em 28 de Março de 2013
editado por de Pedro Henrique em 3 de Julho de 2013
+2VOTOS
Prescrição é a perda do direito de pretensão pelo decurso do tempo. (art. 189 CC), já a decadência é a perda do direito em si, em razão do seu titular não exercê-lo dentro do prazo estipulado em lei ou convenção.
respondido por de Henrique B Damascena Nível 1 (61 pontos)   em 28 de Março de 2013
+1VOTO

O emérito doutrinador Humberto Theodoro Jr. esclarece a diferença entre esses institutos que se aproximam por serem causas de extinção do processo.

"A prescrição é sanção que se aplica ao titular do direito que permaneceu inerte diante de sua violação por outrem. Perde ele, após o lapso previsto em lei, aquilo que os romanos chamavam de actio, e que, em sentido material, é a possibilidade de fazer valer o seu direito subjetivo. Em linguagem moderna, extingue-se a pretensão. Não há, contudo, perda da ação no sentido processual, pois, diante dela, haverá julgamento de mérito, de improcedência do pedido, conforme a sistemática do Código.

Decadência, por seu lado, é figura bem diferente da prescrição. É a extinção não da força do direito subjetivo (actio), isto é, da pretensão, mas do próprio direito em sua substância, o qual, pela lei ou pela convenção, nasceu com um prazo certo de eficácia."[1]

 


[1] THEODORO Júnior, Humberto. Curso de Direito Processual Civil – Teoria geral do direito processual civil e processo de conhecimento – vol. I – Rio de Janeiro: Forense, 2014. Página 477.

 

respondido por de Bianca Araujo Novato (26 pontos)   em 8 de Setembro de 2015
0VOTOS
Prescrição é a perda da pretensão, já a decadência é a perda do direito material.
respondido por de Luis Fernando Nível 1 (130 pontos)   em 9 de Abril de 2013
0VOTOS
PRESCRIÇÃO: em uma ação de cobrança, surge o direito a uma prestação, e em sendo descumprida esta prestação,ou seja, "violação desse direito", surge uma pretenção "poder de cobrar judicialmente meu direito", e o requerido pode requerer a prescrição  desse prazo.
respondido por de Roberto Reis   em 5 de Junho de 2014
...