Política de Privacidade

O Pergunte Direito leva a sério a sua privacidade. Por favor, leia as informações a seguir e saiba mais sobre nossa política de privacidade.

Esta política cobre a forma pela qual o Pergunte Direito cuida das informações pessoais recebidas e coletadas, entre as quais se incluem as informações relacionadas ao seu uso dos produtos e serviços Pergunte Direito. As informações pessoais são aquelas capazes de identificar você de modo pessoal, tais como, nome, endereço, e-mail ou número de telefone, e que não estão disponíveis ao público.

Esta política não se aplica às empresas que não são de propriedade do Pergunte Direito ou que ela não controla, nem às pessoas que ela não emprega ou gerencia. Além disso, algumas empresas associadas ou afiliadas ao Pergunte Direito contam com suas próprias políticas de privacidade pré-existentes, que deverão ser visualizadas nas respectivas páginas.

O Pergunte Direito coleta informações pessoais quando você se cadastra, quando você usa os produtos e serviços do Pergunte Direito, quando você visita as páginas do Pergunte Direito ou as páginas de determinados parceiros do Pergunte Direito e quando você participa de promoções ou concursos. O Pergunte Direito pode combinar as informações que tem a seu respeito com as informações que obtem de parceiros comerciais ou de outras empresas.

O Pergunte Direito também recebe e armazena automaticamente as informações de seu computador e navegador, incluindo seu endereço IP, cookies do Pergunte Direito, atributos de software e hardware e a página que você solicita.

O Pergunte Direito usa essas informações para as seguintes finalidades gerais: personalizar a publicidade e o conteúdo que você visualiza, atender suas solicitações de produtos e serviços, aprimorar os serviços prestados, entrar em contato com você, orientar pesquisas e proporcionar relatórios de informações não identificáveis para clientes internos e externos.

O Pergunte Direito não aluga, não vende e não compartilha as informações pessoais com outras pessoas ou com empresas não afiliadas, exceto com objetivo de fornecer a você os produtos e serviços solicitados, tendo obtido para tanto a sua permissão, ou nas circunstâncias mencionadas a seguir:

  • Para atendermos a ordens judiciais nos termos da legislação em vigor, ou em processos judiciais para estabelecer ou exercer nossos direitos legais ou empreender defesa contra ações judiciais.

  • Quando acreditarmos de boa-fé ser necessário compartilhar informações com o objetivo de investigar, impedir ou adotar medidas relativas a atividades ilegais, suspeitas de fraude, situações envolvendo possíveis ameaças à segurança física de qualquer pessoa, violações das condições de uso do Pergunte Direito ou com outros objetivos, com procedimentos especificados e autorizados pela  lei.

O Pergunte Direito pode exibir anúncios direcionados a um público-alvo com base nas informações pessoais que tem sobre você. Os anunciantes (inclusive empresas servidoras de anúncios) podem pressupor que as pessoas que interagem ou visualizam tais anúncios direcionados atendem aos critérios de seleção do público-alvo como, por exemplo, mulheres entre 18 e 24 anos de determinada área geográfica.

  • O Pergunte Direito não fornece nenhuma informação pessoal ao anunciante com o qual você interage ou do qual você vê um anúncio direcionado. No entanto, ao interagir com um anunciante ou ao ver um anúncio, você está admitindo a possibilidade de que ele venha a pressupor que você atende aos critérios de seleção do público-alvo usados para a exibição do anúncio.

  • Entre os anunciantes do Pergunte Direito incluem-se prestadores de serviços financeiros (tais como, bancos, agentes de seguros, corretoras de valores) e empresas não financeiras (tais como, lojas, companhias aéreas e de informática).

Pergunte Direito pode trabalhar com vendedores, associados, anunciantes e provedores de outros serviços que atuam em setores e categorias diferentes de negócio. Para obter mais informações referentes aos provedores dos produtos ou serviços que você solicitou.

Pergunte Direito pode implantar e acessar cookies no computador que você usa.

Pergunte Direito pode permitir que, exibidoras de anúncios em algumas de nossas páginas, implantem e acessem seus próprios cookies em seu computador pessoal. O uso de cookies por outras empresas não está sujeito a esta política da Pergunte Direito, mas sim a políticas de privacidade próprias. Os anunciantes ou outras empresas não têm acesso aos cookies do Pergunte Direito.

O Pergunte Direito pode usar web beacons para acessar seus cookies, dentro e fora de nossa rede de sites da internet,  e em conexão aos produtos e serviços do Pergunte Direito.

Você tem a possibilidade de editar, a qualquer momento, suas informações de conta do Pergunte Direito, a qualquer tempo.

Novas categorias para comunicados sobre diferentes segmentos de mercado poderão, ocasionalmente, ser acrescentadas à página reservada às Preferências de Marketing.

Reservamo-nos o direito de enviar a você determinados comunicados referentes ao serviço Pergunte Direito – tais como anúncios sobre serviços, mensagens administrativas e a Pergunte Direito Newsletter, que são considerados partes integrantes de sua conta Pergunte Direito – sem oferecer-lhe a oportunidade de optar por não recebê-los.

Limitamos o acesso às informações pessoais que temos sobre você a nossos empregados que, conforme acreditamos, possam ter necessidade delas para exercer suas funções que visam fornecer a você nossos produtos e serviços.

Contamos com recursos de proteção física, eletrônica e procedimental, que atendem a padrões internacionais de proteção a informações pessoais.

O Pergunte Direito pode atualizar esta política a qualquer momento, sem prévia notificação, que estará disponível no endereço http://www.perguntedireito.com.br/privacidade.

...