• Novo cadastro
search
Entrar
Anúncio publicitário

0 votos
Trabalho em empresa como Coordenador de Atendimento;
Esporadicamente tenho que visita outras cidades, para fazer alinhamento com help Desk.  

O tempo de deslocamento do meu polo de trabalho para outra cidade varia de 2 horas para algumas cidades e para outras 5hrs.

Devo receber por este deslocamento?
perguntado em Direito Trabalhista Novato 0 pontos
Anúncio publicitário

1 resposta

0 votos
Na esteira da reforma trabalhista, um contrato escrito deve disciplinar as atividades exercidas pelo empregado, bem como eventuais compensações.

A princípio, em caso de omissão do contrato, se os deslocamentos não importarem em extrapolação da jornada, não há direito a horas extras. Somente reembolso dos custos da viagem.

Se os deslocamentos acarretarem sobrejornada, tenho que há direito a horas extras.

A despeito da regra contida no art. 62, III, da CLT (exclusão do teletrabalhador às regras da jornada de trabalho), e´ possível mensurar o tempo despendido com essas viagens. A intenção de vetar discussões sobre horas extras tem uma lógica razoável, mas não pode servir de guarida para exigir que o empregado cumpra jornada de 8 horas em sua residencia e ainda seja apenado com longas viagens sem quaisquer contrapartidas.

 
respondida Nível 5 1.025 pontos 2 9 12
Anúncio publicitário

Isenção de responsabilidade

As respostas e comentários do Pergunte Direito não são aconselhamentos legais, não criam relações advogado-cliente e não são ofertas de serviços jurídicos. A finalidade deste site é restrita a estimular a troca de conhecimentos acadêmicos e de utilidade pública.

Se você ignorar este aviso e fornecer informações confidenciais em mensagens privadas ou públicas, não haverá obrigação de manter a informação sigilosa ou de renunciar a atuação contrária a seus interesses.

Consulte um advogado antes de tomar qualquer ação que possa afetar seus direitos.

Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

Perguntas relacionadas

0 votos
2 respostas
Boa tarde, Trabalho em uma agência de viagens em São José dos Campos e a matriz fica em São Paulo, meu horário de expediente é das 08hs as 18hs. Fui convocada para um curso na Matriz que se inicia as 17hs e termina as 20hs. Duvida: O deslocamento das 20hs até chegar em minha cidade deverá ser computado como banco de horas e/ou hora extra ? Sou contratada através de CLT. Obrigada
perguntado em 9 de fevereiro de 2017 em Direito Trabalhista Maria Carolina Cunha Novato 0 pontos 1 2
0 votos
1 resposta
Trabalho em regime externo, ministrando treinamento nos clientes do meu empregador. Ora esses clientes são de Curitiba, ora da Região Metropolitana, ora são a dezenas de KMs de distância.Bato o ponto para o controle de horas normalmente. Vou para a empresa 2/3x no mês ... da manhã? A noite ele finaliza quando saio do cliente ou quando chego em casa? isso varia dependendo da distância do cliente?  
perguntado em 14 de fevereiro de 2017 em Direito Trabalhista Clayton Luiz Ribeiro Novato 0 pontos 1 2
0 votos
0 respostas
horas de viagem para trabalhar contam em horas de trabalho? ola, trabalho em uma ONG onde tenho que me deslocar de carro para diferentes cidades todos os dias. meu serviço tem como objetivo visitar propriedades rurais, onde muitas vezes demoro mais de duas ... horario de trabalho ja que todos os dias tenho que me descolar para diferentes cidades? ele não estaria infringindo alguma lei trabalhista?
perguntado em 29 de fevereiro de 2016 em Direito Trabalhista jose carlos Novato 0 pontos 1 1 1
0 votos
1 resposta
Trabalho como mecânico em um empresa multi-nacional, que até pouco tempo atráz contratava empresas terceirizadas para fazer manutenções preventivas nas indústrias do grupo, porém agora a empresa obriga cada funcionário das unidades que compoe o grupo que façam parte ... mês recebemos menos do que estivessemos trabalhando em casa, devido adicionais que deixamos de ganhar por causa do deslocamento.
perguntado em 12 de outubro de 2013 em Direito Trabalhista Anonimo 1 1 1
0 votos
1 resposta
Trabalhava como promotor de merchandising e na contratação a empresa dava preferência para quem tinha carro/moto. Na primeira semana de trabalho tive minha moto furtada enquanto trabalhava. Tenho direito a ressarcimento? Se sim, qual o tempo para entrar com a ação?
perguntado em 8 de março de 2017 em Direito Trabalhista Carlos Eduardo Santo Novato 0 pontos 1 2
...