search
Entrar
Anúncio publicitário


Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

0 votos
Estou com um caso em que o consumidor reclama de parcelas já pagas de um serviço contratado em 2013, que alega não ter contratado. Nesse caso, a reclamação no PROCON interrompe a prescrição? Ou o valor já prescrito continua e os demais podem ser reembolsados?
em Processo Civil 0 pontos
Anúncio publicitário

1 resposta

0 votos
Olá,

Se o pagamento indevido ainda ocorre, se ainda está em curso, é provável que ainda dê tempo.

O lapso temporal é relativo, pois a depender do caso, a subjetividade da cobrança, como juros e cobranças de atualização monetária, pode suprir tal decadência.

Abraços.
Quem não luta pelos seus direitos não é digno deles. Rui Barbosa.
3.367 pontos
Anúncio publicitário

Isenção de responsabilidade

As respostas e comentários do Pergunte Direito não são aconselhamentos legais, não criam relações advogado-cliente e não são ofertas de serviços jurídicos. A finalidade deste site é restrita a estimular a troca de conhecimentos acadêmicos e de utilidade pública.

Se você ignorar este aviso e fornecer informações confidenciais em mensagens privadas ou públicas, não haverá obrigação de manter a informação sigilosa ou de renunciar a atuação contrária a seus interesses.

Consulte um advogado antes de fazer algo que possa afetar seus direitos.


Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

6.642 perguntas

3.500 respostas

1.384 comentários

14.306 usuários

Anúncio publicitário


Perguntas relacionadas

Anúncio publicitário

...