search
Entrar
Anúncio publicitário


Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

0 votos
Acontece que fui na faculdade querendo cancelar a matrícula  do curso e  me falaram  lá que eu tenho que pagar por 6 messes e correto me cobrarem sem ter recebido serviços da faculdade pois não frequentei as aulas nenhum dia
em Direito do Consumidor 0 pontos
0
Sua pergunta a respeito da faculdade poder recusar o pedido de cancelamento já foi respondida aqui: https://www.perguntedireito.com.br/11899/a-faculdade-pode-se-recusar-a-cancelar-a-matricula
Anúncio publicitário

1 resposta

0 votos

Olá!

De uma forma geral e simples, ninguém se escusa de pagar por qualquer serviço ou produto que seja, por falta de uso, ou por motivos exclusivamentes particulares. O Negócio Jurídico não se disfaz desta forma, ou seja, por culpa única do devedor, nisso temos a inadimplência.

Você deveria ter pedido o cancelamento antes do inicio das aulas, não há que se falar em frequência.

O valor calculado independe de uso, mas sim da contratação. E quanto mais demorado o pedido de cancelamento, mais mensalidades devidas.

Art. 248. Se a prestação do fato tornar-se impossível sem culpa do devedor, resolver-se-á a obrigação; se por culpa dele, responderá por perdas e danos.

Art. 315. As dívidas em dinheiro deverão ser pagas no vencimento, em moeda corrente e pelo valor nominal, salvo o disposto nos artigos subseqüentes.

Art. 319. O devedor que paga tem direito a quitação regular, e pode reter o pagamento, enquanto não lhe seja dada.

Art. 389. Não cumprida a obrigação, responde o devedor por perdas e danos, mais juros e atualização monetária segundo índices oficiais regularmente estabelecidos, e honorários de advogado.

Art. 394. Considera-se em mora o devedor que não efetuar o pagamento e o credor que não quiser recebê-lo no tempo, lugar e forma que a lei ou a convenção estabelecer.

Art. 395. Responde o devedor pelos prejuízos a que sua mora der causa, mais juros, atualização dos valores monetários segundo índices oficiais regularmente estabelecidos, e honorários de advogado.

Art. 394. Considera-se em mora o devedor que não efetuar o pagamento e o credor que não quiser recebê-lo no tempo, lugar e forma que a lei ou a convenção estabelecer.

Art. 395. Responde o devedor pelos prejuízos a que sua mora der causa, mais juros, atualização dos valores monetários segundo índices oficiais regularmente estabelecidos, e honorários de advogado.

Art. 427. A proposta de contrato obriga o proponente, se o contrário não resultar dos termos dela, da natureza do negócio, ou das circunstâncias do caso.

Abraços e boa sorte.

Quem não luta pelos seus direitos não é digno deles. Rui Barbosa.
3.367 pontos
Anúncio publicitário

Isenção de responsabilidade

As respostas e comentários do Pergunte Direito não são aconselhamentos legais, não criam relações advogado-cliente e não são ofertas de serviços jurídicos. A finalidade deste site é restrita a estimular a troca de conhecimentos acadêmicos e de utilidade pública.

Se você ignorar este aviso e fornecer informações confidenciais em mensagens privadas ou públicas, não haverá obrigação de manter a informação sigilosa ou de renunciar a atuação contrária a seus interesses.

Consulte um advogado antes de fazer algo que possa afetar seus direitos.


Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

6.642 perguntas

3.500 respostas

1.384 comentários

14.306 usuários

Anúncio publicitário


Perguntas relacionadas

Anúncio publicitário

...