search
Entrar

Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

0 votos
Sou professora horista. Trabalho nessa escola há dois anos. O contracheque deles é todo complicado e sempre que quis aprender como funcionava ninguém me explicou. Desde o início do ano recebo mais ou menos o mesmo valor (um pouco mais a partir de maio por conta do dissídio). No mês de agosto veio um valor de 900 a menos, porém explicaram que era um erro e me  depositaram alguns dias depois.
Em setembro colocaram um contracheque com um valor de 900 a menos novamente porém horas depois arrumaram o contracheque e fizeram dois depósitos (o primeiro com o valor menor e o segundo com os 900 reais complementares).
Esse mês de outubro os mesmos 900 vieram faltantes e quando fui contestar no RH me informou que na verdade os 900 reais não eram parte do meu salário e que eu teria que devolver o valor pago desde o começo do ano. Mas como eu ia saber que esse não era o valor do meu salário se passaram 10 meses me pagando esse valor?
Ano passado eu ganhava um pouco menos mas trabalhava menos também então acreditei que esse valor era o valor correto.
Sou obrigada a devolver esse valor?
em Direito Trabalhista 0 pontos
Anúncio publicitário

Sabe a resposta? Divida com a gente!

Nome (opcional):
Você será notificado no email acima quando houver novidades para sua publicação.
Verificação anti-spam:
Você está publicando como anônimo. Para evitar a verificação anti-spam no futuro, entre em sua conta or cadastre-se. Usuários cadastrados com email confirmado não precisam aguardar a fila de moderação. O conteúdo dos demais usuários será aprovado em até 24 horas, por ordem de chegada.

Isenção de responsabilidade

As respostas e comentários do Pergunte Direito não são aconselhamentos legais, não criam relações advogado-cliente e não são ofertas de serviços jurídicos. A finalidade deste site é restrita a estimular a troca de conhecimentos acadêmicos e de utilidade pública.

Se você ignorar este aviso e fornecer informações confidenciais em mensagens privadas ou públicas, não haverá obrigação de manter a informação sigilosa ou de renunciar a atuação contrária a seus interesses.

Consulte um advogado antes de fazer algo que possa afetar seus direitos.


Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

Perguntas relacionadas

...