search
Entrar
Anúncio publicitário

6.714 perguntas

3.520 respostas

1.394 comentários

14.310 usuários

Anúncio publicitário



Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

0 votos
Meu pai e minha mãe eram casados, viviam juntos e há 25 anos atrás se separaram, apenas de casa pois o divórcio no papel não foi feito até hoje, portanto perante a lei ainda são obrigados a se declararem casados em formulários, etc.  Só que tanto meu pai quanto minha mãe vivem desde muitos anos, desde que se separaram com outros companheiros. Não possuem filhos com eles, seus filhos são apenas minha irmã e eu, frutos da união deles. Minha pergunta é: há vários anos atrás meu pai adquiriu uma casa própria financiada e como ainda é casado com minha mãe no papel, precisou da assinatura dela para a compra e o financiamento. nesta casa adquirida vivem meu pai e minha madrasta, miha mãe mesmo, que fez parte da compra nunca morou nela, só assinou os papéis pq ainda é casada com meu pai. Quando meu pai vir a falecer, o que vai acontecer com a casa? como será dividido? Ele tem a atual esposa, que nem sei se tem direito a alguma coisa, tem a minha mãe que ainda está casada no papel com ele, temos nós duas que somos filhas dele. Alguém sabe me responder isso? Fico grata!
em Direito Civil
editado por
Anúncio publicitário

1 resposta

0 votos
Pois bem, no caso os seus pais estão separados de fato, e isto implica dizer que a partir do momento em que houve a cessação do casamento por tal separação todos os deveres conjugais de um para o outro, além dos patrimoniais estão extintos. Logo, seu pai que já mora com outra mulher em união estável provavelmente, tem novos deveres conjugais com ela e patrimoniais também. Tudo o que ele adquiriu depois de separado da sua mãe, a ela não se estenderá. E tudo que ele adquiriu com a sua madrastra será dividido em comunhão parcial de bens. Voce como filha terá direito, assim como a sua madrasta que é a nova companheira dele.
Anúncio publicitário

Isenção de responsabilidade

As respostas e comentários do Pergunte Direito não são aconselhamentos legais, não criam relações advogado-cliente e não são ofertas de serviços jurídicos. A finalidade deste site é restrita a estimular a troca de conhecimentos acadêmicos e de utilidade pública.

Se você ignorar este aviso e fornecer informações confidenciais em mensagens privadas ou públicas, não haverá obrigação de manter a informação sigilosa ou de renunciar a atuação contrária a seus interesses.

Consulte um advogado antes de fazer algo que possa afetar seus direitos.


Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

Perguntas relacionadas

Anúncio publicitário

...