search
Entrar
Anúncio publicitário

Anúncio publicitário



Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

0 votos
Entrei com uma ação contra um banco para desconstituição de divida e indenização por danos morais e materiais no JEC, foi designada data para audiencia de conciliação, realizada hoje, ao entrar no processo eletronico com a senha de acesso, nao consegui visualizar a contestação, sendo informado que so poderia visualiza-la apos a citada audiencia de conciliação e julgamento. Ocorre que hoje, na audiencia de conciliação, fui informado que tal audiencia também seria de instrução e julgamento, motivo pela qual não tive acesso a contestação antes da audiencia de IEJ, com isso não tive como realizar a réplica, que mesmo tendo que ser realizada de forma oral no JEC nao foi possivel pois em 5 minutos designado para realização de audiencia nao teria como eu ler a petição, identificar os pontos que quero realizar replica e não havia de ter conhecimento de que provas adicionais poderia produzir. O devido processo legal foi respeitado? ainda há maneira de eu realizar réplica? Posso argumentar de alguma forma quanto a isso caso seja proferida sentença em meu desfavor em eventual recurs
em Processo Civil
editado por
Anúncio publicitário

Sabe a resposta? Divida com a gente!

Nome (opcional):
Você será notificado no email acima quando houver novidades para sua publicação.
Verificação anti-spam:
Você está publicando como anônimo. Para evitar a verificação anti-spam no futuro, entre em sua conta or cadastre-se. Usuários cadastrados com email confirmado não precisam aguardar a fila de moderação. O conteúdo dos demais usuários será aprovado em até 24 horas, por ordem de chegada.
Anúncio publicitário

Isenção de responsabilidade

As respostas e comentários do Pergunte Direito não são aconselhamentos legais, não criam relações advogado-cliente e não são ofertas de serviços jurídicos. A finalidade deste site é restrita a estimular a troca de conhecimentos acadêmicos e de utilidade pública.

Se você ignorar este aviso e fornecer informações confidenciais em mensagens privadas ou públicas, não haverá obrigação de manter a informação sigilosa ou de renunciar a atuação contrária a seus interesses.

Consulte um advogado antes de fazer algo que possa afetar seus direitos.


Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

Perguntas relacionadas

...