search
Entrar

Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

0 votos
Bom dia.

Sou Stefany e meu marido chama-se Emerson. O mesmo, pediu para trancar a matrícula em uma certa instituição de ensino, mas a funcionária alegou que ele não poderia fazê-la por estar inadimplente 1mês (causa da inadimplência, funcionária alegou que ele não fez o ditamento 2019.2, mas ele fez e tem os papéis comprovando). A faculdade pode fazer isso?

Uma funcionária também esqueceu de checar o site do mec, e clicar em aceitar, assim, confirmando a conclusão do ditamento (feito em dezembro de 2019).
Somente este mês ela foi olhar no sistema e viu que não olhou o ditamento dele e muito menos clicou em aceitar. Por conta de uma falha da funcionária da faculdade, ele está inadimplente com o pagamento da faculdade. Fora que a solicitação para trancar o curso foi feita no mesmo mês de Dezembro de 2019. Mas a funcionária pediu que ele retornasse em fevereiro do corrente ano, para poder resolver. Foi ai onde surgiu tudo.
Pode me ajudar, por favor?

Obrigado.
em Direito do Consumidor 0 pontos
recategorizada por
Anúncio publicitário

Sabe a resposta? Divida com a gente!

Nome (opcional):
Você será notificado no email acima quando houver novidades para sua publicação.
Verificação anti-spam:
Você está publicando como anônimo. Para evitar a verificação anti-spam no futuro, entre em sua conta or cadastre-se. Usuários cadastrados com email confirmado não precisam aguardar a fila de moderação. O conteúdo dos demais usuários será aprovado em até 24 horas, por ordem de chegada.

Isenção de responsabilidade

As respostas e comentários do Pergunte Direito não são aconselhamentos legais, não criam relações advogado-cliente e não são ofertas de serviços jurídicos. A finalidade deste site é restrita a estimular a troca de conhecimentos acadêmicos e de utilidade pública.

Se você ignorar este aviso e fornecer informações confidenciais em mensagens privadas ou públicas, não haverá obrigação de manter a informação sigilosa ou de renunciar a atuação contrária a seus interesses.

Consulte um advogado antes de fazer algo que possa afetar seus direitos.


Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

Perguntas relacionadas

...