search
Entrar

Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

3 votos
A imunidade dos funcionários consulares para figurarem no pólo passivo de ação penal comporta a exceção de crime grave, conforme Art. 41º, 1, do Decreto 61.078/67.

Art. 41, 1. Os funcionários consulares não poderão ser detidos ou presos preventivamente, exceto em caso de crime grave e em decorrência de decisão de autoridade judiciária competente.

Inexiste, porém, definição objetiva do que seria considerado crime grave no mesmo diploma.
Renan Akamine é fundador do site Pergunte Direito e graduado em Direito pela PUC-SP.
em Processo Penal 10.439 pontos
Anúncio publicitário

Sabe a resposta? Divida com a gente!

Nome (opcional):
Você será notificado no email acima quando houver novidades para sua publicação.
Verificação anti-spam:
Você está publicando como anônimo. Para evitar a verificação anti-spam no futuro, entre em sua conta or cadastre-se. Usuários cadastrados com email confirmado não precisam aguardar a fila de moderação. O conteúdo dos demais usuários será aprovado em até 24 horas, por ordem de chegada.

Isenção de responsabilidade

As respostas e comentários do Pergunte Direito não são aconselhamentos legais, não criam relações advogado-cliente e não são ofertas de serviços jurídicos. A finalidade deste site é restrita a estimular a troca de conhecimentos acadêmicos e de utilidade pública.

Se você ignorar este aviso e fornecer informações confidenciais em mensagens privadas ou públicas, não haverá obrigação de manter a informação sigilosa ou de renunciar a atuação contrária a seus interesses.

Consulte um advogado antes de fazer algo que possa afetar seus direitos.


Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

...